Contraste

Plantão Hucam: Sintufes vai cobrar da Ufes escala 12x60 (36 horas)

Por Comunicacao
8 de Janeiro de 2019 às 11:26


O Sintufes vai defender que a Ufes altere a escala de plantão do Hucam para 12x60 (36 horas), que foi a proposta da categoria aprovada, por unanimidade, pela  assembleia do sindicato, realizada em 21 de dezembro de 2018. 

O Sintufes fará a defesa pela alteração da escala em reunião, prevista para as 11 horas desta quinta-feira, dia 10 de janeiro, com o pró-reitor da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da Ufes (Progep) e com a Reitoria, no campus de Goiabeiras, em Vitória.  Anteriormente, o encontro estava marcado para o dia 8.  

Debate com trabalhadoras/es e com a gestão. A decisão da assembleia da categoria, de aprovar a proposta 12x60 (em jornada de 36 horas semanais), foi tomada após muita discussão envolvendo o Sintufes, trabalhadoras/es do Hucam e a própria Ufes. 

Nos últimos meses, o sindicato fez reuniões setoriais (realizadas na subseção sindical de Maruípe com quem trabalha na área assistencial). E já se reuniu com a própria Progep, com o DGP (Departamento de Gestão de Pessoas) e com a Divisão de Enfermagem do Hucam debatendo a questão. 

Vale ressaltar que a área assistencial do Hucam está trabalhando na escala 12x60 (40 horas com compensação). Isso começou após o reitor da Ufes acabar com a flexibilização da jornada (na qual a escala 12x60 funcionava na jornada de 30h), de forma monocrática. Já na mesa de negociação atual, a universidade defende a implantação da escala 12x36 (com 13 plantões/mês), seguindo orientação da instrução normativa número 2 (de 12 de setembro de 2018), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPDG). 

No entanto, a escala defendida pela gestão da Ufes vai ser muito exaustiva para a categoria, que trabalha na área assistencial do hospital com todas as suas complexidades e urgências. Além disso, a questão esbarra também na decisão do reitor, que suspendeu a flexibilização da jornada no Hucam, que vinha sendo utilizada há mais de 20 anos, sem trazer prejuízos ao atendimento à população. 

"A gestão da universidade acabou com duas conquistas históricas da categoria e do sindicato - o plantão 12x60 e carga horária de 30 horas/semanais. 30h/semanais é uma luta inclusive nacional da categoria que aguarda incansavelmente que seja conquistada, reconhecida pela OIT como escala ideal para os trabalhadores da saúde. Lidamos diretamente com vidas em situações complexas, urgentes. Nosso serviço é muito pesado tanto física quanto mentalmente. Tem sido muito difícil estar no Hucam com menor intervalo de descanso, tendo de prestar assistência direta ao paciente. Isso está adoecendo nossas/os trabalhadoras/es”, expõe a direção do Sintufes.

Após a reunião, o sindicato divulgará a categoria o que foi discutido com a gestão da instituição. 

77 visualizações, 2 hoje

SINTUFES NA MÍDIA