Contraste

#AGORAÉGREVE: Início das setoriais e luta contra a violência contra as mulheres marcam o segundo dia da greve

Por Comunicacao
23 de Novembro de 2017 às 18:16

A greve das/os trabalhadoras/es da Ufes começou na assembleia realizada na quarta-feira, 22. E nesta quinta-feira, 23, foram realizadas setoriais no Hucam, no CCJE e na Prograd. Além disso, as/os trabalhadoras/es em greve fortaleceram o ato "Afasta de mim este cale-se: não à violência contra a Mulher na Ufes" (fotos, acima e abaixo).


Confira a agenda das atividades previstas para esta sexta-feira, 24, e fortaleça o movimento paredista! 
9h - Setorial na Biblioteca Central de Goiabeiras (na BC)
9h - Encontro de Aposentadas/os do Sintufes (na sede)
14h - Reunião Comando de Greve e caravaneiros(na sede)
17h - Ato do Fórum das Mulheres contra a violência contra as mulheres (Palácio Anchieta)

Mulheres na luta!
O final da manhã da quinta-feira, 23, foi de chuva no campus de Goiabeiras. Mas então, choveu e não teve luta? Que nada! A chuva que caiu no campus no início da tarde não foi problema pra luta feminista!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas andando, pessoas em pé e atividades ao ar livre


"Pode chover, pode molhar, contra o machismo, eu não paro de lutar".

O ato percorreu setores de Goiabeiras, denunciando o feminicídio e os casos de assédio sexual contra as mulheres. Na Reitoria, elas cobraram soluções do reitor para que as mulheres tenham direito de andar pelos campi da Ufes sem medo de sofrerem quaisquer tipos de violência. No RU, quem almoçava também ouviu e viu a luta feminista.

O protesto foi organizado por mulheres estudantes do CCJE, motivado por um caso de abuso sexual sofrido por uma aluna do curso de Gemologia. As/os manifestantes cobraram o direito de andar sem temer quaisquer tipos de violências contra as mulheres pelos campi da Ufes. O ato aconteceu dois dias antes do 25 de novembro: Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher.

Setoriais
. De acordo com o Comando de Greve do Sintufes, os TAEs que atuam no CCJE compreenderam a importância da greve e já se organizaram no sentido de fortalecer o movimento paredista. O Comando também realizou setoriais na Prograd e no Hucam. 

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

145 visualizações, 1 hoje

SINTUFES NA MÍDIA